fbpx

Estratégia para Controle de Crise de Ansiedade ou Pânico

Estratégia para Controle de Crise de Ansiedade ou Pânico

Estratégia para controle da Ansiedade e/ou Crise de Pânico.

Essa estratégia foi desenvolvida pelas bases da Psicologia Cognitiva Comportamental e adaptada por mim para melhora de sua execução.

Cada passo descrito pode ser realizado no momento em que ocorrem os sintomas e/ou pensamentos que geram a ansiedade.

Seguem os passos:

 

  • Aceite a sua ansiedade ou os pensamentos que geram a ansiedade. Não lute contra e não resista aos sintomas e aos pensamentos. A repulsa dos sintomas não ajuda em nada. Quando houver uma taquicardia, uma agitação, uma respiração mais curta, ou qualquer outro sintoma físico, deixe eles se manifestarem e não tente suprimi-los. Você pode imaginar que o sintoma é como se fosse um parente que você não gosta muito e que está indo visitá-lo em sua casa. Você não pode evita-lo, abra a porta e aceite-o.

 

  • Observe as coisas a sua volta e comece a focar no exterior. Você pode reparar em qualquer objeto ou qualquer coisa que está ao seu redor e começar a descrever os seus detalhes. Quando você foca em algo externo, estará diminuindo o enfoque para os sinais internos da ansiedade.

 

  • Aja com sua ansiedade. Não fique ocioso e parado. Se você já estava fazendo alguma coisa, pode continuar agindo porém diminuindo o ritmo do que estava fazendo. A ociosidade e paralisação, na maioria das vezes contribui para manutenção ou aumento dos sintomas da ansiedade.

 

  • Comece a respirar mais lentamente e solte todo ar dos pulmões. Respirar lentamente te ajuda a diminuir o ritmo de seus pensamentos e de sua ação.

 

  • Mantenha e repita todos os passos anteriores até a ansiedade diminuir. Os sintomas podem demorar ou diminuir rapidamente. O tempo que levar para diminuir não importa. O que importa é que você está aprendendo a lidar com seus sintomas da ansiedade.

 

  • Somente quando a ansiedade diminuir comece a examinar seus pensamentos e se questionar se eles realmente vão acontecer. Existem provas que eles vão se concretizar? Faça esse auto exame, e marque num papel ou no seu celular, todas as vezes que você ficou muito ansioso pensando que iria acontecer algo ruim, porém não aconteceu.

 

  • Reconheça que você conseguiu controlar sua ansiedade e comemore esse fato. Reconheça também o seu valor, sua auto-capacidade e que você pode superar isso sozinho. Esse reconhecimento eleva sua auto-confiança para que você possa controlar a ansiedade outras vezes. A cada vez que você conseguir controlar sua ansiedade, sua mente aprende que você pode fazer isso novamente, pois é mais fácil para o cérebro repetir um aprendizado que já foi realizado.

 

 

  • Não se considere livre da ansiedade e não queira se livrar dela para sempre. Espere o futuro com aceitação. Aceite que possivelmente você terá outros episódios de ansiedade e estará disposto a trabalhar com ela. Quanto mais você estiver disposto a lidar com a sua ansiedade sem medo, menores serão os sintomas e mais próximo do auto-controle você estará.

 

Obs: Essa estratégia terapêutica não visa substituir ou inibir que o paciente faça um acompanhamento médico, psicológico ou psicoterapêutico.

 

 

Dr. Renan Boucault

 

2 Comments
  • Anymary
    Posted at 14:34h, 21 Julho Responder

    Adorei as estratégias, muito bem detalhada. Já comecei a treinar e os resultados são animadores! Muito bom contar com essa ajuda extra.

    • Renan Boucault
      Posted at 00:36h, 07 Outubro Responder

      Que bom Anymary!

Post A Reply to Anymary Cancel Reply