Renan Boucault
Renan Boucault
Causas Emocionais de Problemas Estomacais
Microfisioterapia
4 de agosto de 2017

Introdução

 

Biológicamente nós temos que entender que o estômago possui duas constituições teciduais: a ectordémica e a endodérmica, sendo que cada tecido irá responder a uma causa diferente. Lembrando sempre que quando apresentamos alguma disfunção no estômago, estamos diante de vivencias indigestas, ou seja, tivemos que engolir algo a contragosto, e essa situação se torna “indigesta”, “indigerível” e desagradável. Isso ocorre pois nosso cérebro interpreta nossos sentimentos de modo visceral (orgânico), sendo assim, a percepção psíquica da situação indigesta se torna um sintoma físico no orgão.

 

Curvatura Menor do Estômago

 

Sendo mais específico, os problemas da curvatura menor do estômago (constituida pelo tecido ectodermo e controlada pelo córtex cerebral territorial), estão intimamente ligados à situações aonde a pessoa se sente submetida injustamente em seu território, seja por uma familiar, cônjuge, chefe ou qualquer pessoa que lhe atribua ordens a contragosto, fazendo com que a pessoa sinta raiva por submissão dentro de seu território. Enquanto o indivíduo vive esse sintoma, que chamamos de fase ativa do conflito, a mucosa da curvatura menor inicia um processo de ulceração tecidual associado à um quadro de dor e hipersensibilidade. Nessa fase encontramos os diagnósticos de úlceras gástricas. Logo após a resolução do conflito de raiva por submissão inicia-se um processo inflamatório aonde podemos observar os diagnósticos de gastrite com a presença do H. Pylori, podendo haver dor aguda, associada ou não à presença de sangramento e vômito. O tempo de duração desses sintomas não devem ultrapassar 3 semanas, a não ser que o indivíduo reviva novamente o conflito de raiva por submissão. E por final, acabando o período de 3 semanas após a resolução do conflito, a dor e inflamação diminuem naturalmente e os tecidos se regeneram com o auxilio da ecologia bacteriana gástrica.

 

Curvatura Maior do Estômago

 

Já os sintomas que ocorrem na curvatura maior do estômago (constituida pelo tecido endodermo e controlada pelo tronco cerebral), não necessariamente existe o sentimento de raiva pela submissão. A percepção desse problema é quando a pessoa não digere algum acontecimento, seja a perda de alguém, uma demissão, o fato de não conseguir uma pensão, uma herança, investimentos, uma ação legal ou qualquer coisa que se torne difícil de digerir. Na fase ativa desse conflito ocorrem ploriferações celulares, com aumento da produção de ácido clorídrico, podendo haver a presença de um tumor (adenocarcinoma), sendo que isso vai depender do tamanho da massa do conflito psíquico. Após a resolução do conflito, as funções diminuem, a produção do ácido clorídrico normaliza, e se houver a presença de um tumor, o mesmo se decompõe pela ação dos fungos e micobactérias presentes, fazendo com que o tecido se cicatrize.

 

Tratamento

 

O tratamento das patologias e sintomas do aparelho digestório costumam ter resultados positivos com a Microfisioterapia tanto nível emocional como a nível físico, pois é uma técnica que tem objetivo de reequilibrar o sistema nervoso autônomo, além de reprogramar as funções do organismo, fazendo com que o próprio corpo entre em processo de restauração. Além disso, através de uma leitura biológica, é de grande valia informar ao paciente a causa verdadeira do porque aqueles sintomas estão presentes, fazendo com que o indivíduo descubra que tipo de acontecimento ou experiência gera tais sintomas naquele local. Dessa forma, o conhecimento da causa primária da patologia se torna a chave para a solidificação da cura.

 

Dr. Renan Boucault

 

Contato




Agende sua consulta via Whatsapp:
(11) 9 6395-9345


Av. Henrique Eroles, 459
Alto do ipiranga
Mogi das Cruzes/SP